5 recursos do Telegram que o WhatsApp ainda não tem

Suporte a múltiplos dispositivos é o recurso do WhatsApp mais esperado

Este é de longe o recurso do WhatsApp mais desejado pelos usuários, que permite o uso de uma mesma conta em no máximo dois aparelhos: um telefone e um PC com o cliente web ou Desktop. O WhatsApp vem trabalhando no suporte a múltiplos dispositivos literalmente há anos, mas fora uma indireta aqui ou ali em versões beta do app, nada está disponível ao público até hoje.

Quem usa o Telegram não sofre com isso: você pode configurar uma mesma conta em quantos aparelhos quiser, sem limitações. Quer colocar uma mesma conta no celular de casa e no do trabalho? Sem problemas. Quer usar o app no celular, no tablet e no PC? Vai fundo. Precisa que duas ou mais pessoas acompanhem a conta da loja? Fácil. E com uma vantagem: como os chats são armazenados na web, e não nos aparelhos, eles se manterão sincronizados entre todos estes dispositivos.

Cliente web independente

O aplicativo do WhatsApp no PC ou na web funciona, na verdade, como uma “janela” para a conta que está no seu celular: você só consegue usá-lo se o telefone estiver conectado à internet e com o WhatsApp instalado. Se seu celular ficar sem bateria, ou acabar o pacote de dados, o aplicativo é inútil.

O WhatsApp sabe que esta é uma limitação importante, e está trabalhando para eliminá-la. Segundo o site WABetaInfo, especializado em identificar futuros recursos do WhatsApp, a versão 2.21.1.1 beta para Android tem uma seção que convida o usuário a testar uma versão beta do WhatsApp web. Segundo o texto ela “não exige que você mantenha seu smartphone conectado”. Mas apesar de ser mencionado na versão Android do app, este novo beta do WhatsApp Web ainda não está disponível aos usuários.

No Telegram esta limitação não existe, porque ele trata uma sessão na web como um dispositivo independente. Você pode até mesmo desinstalar o Telegram no celular e continuar usando apenas o cliente para PC ou web.

Busca por data

Quem já fez uma busca em uma conversa do WhatsApp sabe que a ferramenta de busca é incrivelmente limitada. Tudo o que você pode fazer é dizer por qual palavra ou frase quer buscar. Isso é um problema quando se trata de um termo comum, ou quando você está buscando em um grupo com grande quantidade de mensagens.

Em meados de 2020 uma versão beta do WhatsApp apareceu com a opção de filtrar a busca por data, algo que seria extremamente útil. E, novamente, este é um recurso do Telegram que já está disponível.

Busca com filtro por data apareceu recentemente em um beta do WhatsApp: WABetaInfo

Ao iniciar uma busca dentro de uma conversa, um ícone de um calendário aparece logo acima do teclado, permitindo que você escolha uma data específica: por exemplo, todas as mensagens de 25 de dezembro. Se você estiver em um grupo, um ícone logo ao lado permite pesquisar todas as mensagens de um autor específico.

Resposta de férias: recurso ausente no WhatsApp

Nada pior do que ser importunado durante as férias por mensagens do trabalho. O WhatsApp permite silenciar ou arquivar grupos e conversas, mas “dar um gelo” num colega não pega bem: inevitavelmente você vai ter que responder, nem que seja para dizer que está de férias. E pode acabar sendo arrastado para resolver algum problema ou discussão de última hora.

O Telegram, novamente, tem um recurso para isso. O mensageiro permite a criação de “bots” que interagem com sua conta e outros usuários, e há várias opções de bots de auto-resposta, que vão responder a qualquer mensagem de um contato ou grupo específico com um texto pré-definido por você. É como os e-mails de férias que você configura no Outlook, por exemplo.

Edição de mensagens: recurso já existe no Telegram

Por mais que você tenha cuidado ao digitar, inevitavelmente vai em algum momento cometer um erro em uma mensagem, que gostaria de poder editar. Há alguns dias disse a um amigo que coleciona videogames: “Seus cartuchos estão a caminho”. O corretor do celular trocou “cartuchos” por “carinhos”. Só me restou rir do erro e mandar na sequência a mensagem correta.

Noticiamos em 2017 que o WhatsApp estava testando um recurso que permitia editar uma mensagem, mas até agora ele não apareceu para o público. No máximo você pode apagar uma mensagem enviada, e torcer para ser rápido o suficiente para fazer isso antes que a outra pessoa veja.

Já o Telegram permite editar uma mensagem até 48 horas depois do envio. A nova versão do texto substituirá a original na conversa e um aviso no balão, ao lado do horário de envio, indica que a mensagem foi editada.

Via Olhardigital

Comentários: