Arceburgo apresentou proposta para aquisição de vacina contra covid

Arceburgo, depois de Alfenas, foi uma das primeiras cidades do Sul de Minas a assinar esse memorando de entendimento, documento considerado essencial para facilitar, agilizar e viabilizar a negociação de um acordo definitivo para o fornecedor. Liberação do medicamento depende da liberação da vacina e autorização da Anvisa.

A Prefeitura de Arceburgo enviou, ainda em dezembro, ao Instituto Butantan a proposta de compra da vacina Coronavac contra a Covid-19. A informação dessa aquisição já havia sido noticiada pelo prefeito Gilson Mello em entrevista a TV Direta no dia 20 de dezembro.

O pedido da Prefeitura tem como justificativa os cuidados com a saúde e vida da população, além do pleno restabelecimento das atividades econômicas e sociais. A proposta enviada estima a aquisição de 20 mil doses da vacina vez que são duas imunizações por pessoa.

O protocolo poderá ser modificado a qualquer momento com o consentimento mútuo das partes, devidamente expresso por escrito e o volume de doses poderá ser alterado de acordo com a disponibilidade da vacina para SARSCOV-2.

O objetivo é o de que a aplicação e seus insumos sejam de responsabilidade exclusiva do Município de Arceburgo, seguindo as regras de aplicação definidas em conjunto.

O memorando de entendimento entre as partes já foi enviado pelo Instituto Butantan ao município.

Via Prefeitura de Arceburgo

Comentários: