Decreto que flexibiliza funcionamento do comércio é renovado em Guaxupé, MG

Foto: Reprodução EPTV

Guaxupé renovou nesta quarta-feira (20) o decreto que flexibiliza o funcionamento do comércio na cidade. O documento, que foi assinado pelo prefeito Heber Hamilton Quintella, entra em vigor nesta quinta-feira (21) e tem vigência até o dia 27 de janeiro. A medida foi tomada após a Santa Casa informar que irá permitir apenas a internação de pacientes da Covid-19.

Segundo o decreto, os estabelecimentos não essenciais poderão funcionar das 8h às 20h, com limitação de 30% da capacidade e mantendo todas as medidas de prevenção ao novo coronavírus como o uso de máscaras, distanciamento social e a disponibilização de álcool gel.

As academias poderão funcionar das 5h às 22h, de segunda a sexta-feira, com até 30% da capacidade. Também está permitido o funcionamento da feira livre para ambulantes e feirantes aos sábados, das 5h às 13h. Apenas hortifrutigranjeiros e alimentos preparados poderão participar da feira.

Também estão permitidos cultos religiosos com ocupação máxima de 30% da capacidade dos assentos. Já os serviços considerados essenciais poderão funcionar todos os dias da semana até 24h.

Casas de shows e eventos estão proibidos de funcionarem. Está mantida a obrigatoriedade do uso de máscaras em praças e outros locais públicos.

Quem descumprir o decreto está sujeito à multa.

Medidas Restritivas

Guaxupé foi a primeira cidade do Sul de Minas a declarar quarentena. A decisão foi publicada no dia 7 de janeiro na página de enfrentamento à Covid-19, no site prefeitura, mas o decreto só começou a valer no dia 9 de janeiro.

A quarentena ocorreu em razão da taxa de ocupação de leitos de UTI, que chegou a 100%. Após alguns dias com os serviços não-essenciais fechados, o município flexibilizou as medidas restritivas na última quinta-feira (14).

Covid-19 em Guaxupé

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), Guaxupé possui 1.946 casos de Covid-19, sendo 23 mortes.

Via G1 Sul de Minas

Comentários: