Hospitais anunciam novos leitos para tratamento da Covid-19 no Sul de MG

Santa Casa inaugura ala destinada à Covid-19 em São Sebastião do Paraíso, MG — Foto: Prefeitura

Hospitais da região anunciaram novos leitos para tratamento da Covid-19. Em São Sebastião do Paraíso (MG), a Santa Casa inaugurou nesta segunda-feira (29) uma ala destinada à Covid-19.

A nova ala tem capacidade para 45 leitos e atenderá pacientes da enfermaria Covid-19. Segundo a direção do hospital, após a pandemia, a área atenderá às necessidades do Sistema Único de Saúde.

Ainda de acordo com a Santa Casa, a nova área estava parada há 15 anos e, com a retomada do novo Plano Diretor do hospital, que prevê ampliação e reforma da Santa Casa, decidiu-se começar por ela para atender às necessidades da microrregião em relação à pandemia da Covid-19.

Além da nova ala, a prefeitura anunciou a ampliação de cinco novos leitos na Central Covid-19. O local recebe os pacientes que testaram positivo para a doença.

“O momento agora é passar por essa situação difícil e garantir o atendimento ao cidadão, mas estamos vigilantes, monitorando os números de seis em seis horas para que a população não fique sem respaldo médico”, disse o prefeito Marcelo Morais.

Hospitais destinam novos leitos para tratamento da Covid-19 no Sul de MG — Foto: Reprodução EPTV

Hospitais destinam novos leitos para tratamento da Covid-19 no Sul de MG — Foto: Reprodução EPTV

Em Passos (MG), a prefeitura anunciou que irá remanejar 10 leitos da UTI geral para dar assistência aos pacientes com Covid-19. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (29) devido ao aumento de casos de internações na Santa Casa.

Segundo a prefeitura, nos últimos dez dias, a UTI Covid da Santa Casa manteve a marca de 100% de ocupação. Segundo o superintendente geral da Santa Casa, Daniel Porto Soares, o remanejamento no número de leitos será efetivado no início do mês de Abril.

“Com a medida, o número de leitos de UTI para outras patologias será reduzido a 18. Já a UTI adulto para para pacientes com Covid-19 terá 50 leitos”, explicou Daniel.

Mesmo com os 50 leitos de UTI, o superintendente geral da Santa Casa reforçou a necessidade da população adotar medidas de prevenção à doença.

“Este remanejamento não é motivo de relaxamento para a comunidade, pois segundo o cenário que temos enfrentado, essa quantidade ainda vai ser insuficiente com a demanda que temos recebido. No entanto, este é o limite de oferta que podemos disponibilizar. Precisamos que toda a população continue colaborando para que possamos sair o mais rápido possível dessa situação”, pediu Daniel.

Via G1 Sul de Minas

Comentários: