Operação cumpre mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos de assalto à agência bancária no Sul de MG

O Ministério Público, Polícia Militar e a Polícia Civil deflagraram na manhã desta quarta-feira (24) uma operação para reprimir o crime de roubo mediante sequestro. Foram cumpridos 13 mandados, sendo seis de prisão temporária e sete de busca e apreensão em Nova Resende, Campestre e Alfenas (MG).

No dia 4 de fevereiro, uma agência bancária foi assaltada e familiares da gerente foram feitos reféns em Nova Resende (MG). A funcionária também foi rendida durante o assalto. Um dos suspeitos foi preso no momento do crime.

Segundo a Polícia Civil, na época, o marido da gerente e os dois filhos, além de outro familiar, que haviam sido feitos reféns, foram deixados no bairro Córrego do Ouro, em Campestre (MG).

As investigações apontaram que os criminosos levaram a quantia de R$ 244.028,00. O dinheiro foi recuperado. Ainda de acordo com o MP, pelo menos oito criminosos participaram do crime. Um deles foi preso em flagrante e outro estava com prisão preventiva decretada.

A operação contou com a participação de um Promotor de Justiça, 25 policiais militares, 18 policiais civis e 12 policiais penais. Foram utilizadas nove viaturas da Polícia Militar e seis da Polícia Civil.

Via G1 Sul de Minas

Comentários: