Palmeiras cede empate ao Grêmio na prévia da final da Copa do Brasil

O jogador Raphael Veiga, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Grêmio FBPA, durante partida válida pela vigésima nona rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na arena Allianz Parque. (Foto: Cesar Greco)
Por Almir Leite

O Palmeiras foi castigo pelo excesso de gols perdidos no primeiro tempo do jogo desta sexta-feira ontem com o Grêmio. Acabou sendo vazado no final, amargou empate por 1 a 1, no Allianz Parque, e ficou mais longe do título do Campeonato Brasileiro. Continua em sexto lugar, com 48 pontos, dois atrás dos gaúchos, quarto colocados.

O Palmeiras dominou completamente o Grêmio no primeiro tempo. Enquanto o time gaúcho parecia sonolento, os paulistas estavam ligados, velozes, procurando atacar a todo momento. Saiu em vantagem por 1 a 0 e poderia ter feito vários outros gols se não fosse as três bolas na trave e a má pontaria e precipitação de Roni.

Com 45 segundos o Palmeiras teve a primeira da dezena de chances de gol que criou na etapa, mas Vanderlei evitou o gol de Breno Lopes. O goleiro gremista continuou tendo trabalho e deu sorte em três lances, em que ele estava batido. Aos 22 minutos, Roni, livre na entrada da pequena área, conseguiu acertar o travessão; logo em seguida, Willian, também da entrada da área, acertou a trave esquerda do goleiro. Pouco depois foi Breno Lopes quem achou a trave.

Aos 32 minutos não teve jeito. Bola na área, Roni falhou de novo, mas Raphael Veiga, conseguiu vencer Vanderlei: 1 a 0 Palmeiras e vantagem na saída do intervalo, embora fosse de que poderia ter sido bem maior.

No segundo tempo, o Grêmio acordou. Com isso, a partida ficou equilibrada nos primeiros 15 minutos. Depois o Palmeiras poderia ter ampliado, mas Vanderlei fez grande defesa em voleio de Willian.

Mas aí o Grêmio cresceu na partida. Criou três boas chances e na terceira delas empatou, aos 42 minutos. Após cruzamento, Diego Souza subiu mais que a zaga e marcou. E só não fez o segundo logo depois porque Weverton fez grande defesa em cobrança de falta do atacante.

O Palmeiras voltará a jogar na segunda-feira, novamente no seu estádio, em clássico com o Corinthians, adiado da 28.ª rodada. Dois dias depois, o Grêmio receberá o Atlético-MG, em Porto Alegre, pela 31.ª.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 1 GRÊMIO

PALMEIRAS – Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Empereur (Kuscevic) e Viña; Emerson Santos, Zé Rafael e Raphael Veiga (Lucas Lima); Breno Lopes, Willian (Scarpa) e Rony (Luiz Adriano). Técnico: Abel Ferreira.

GRÊMIO – Vanderlei; Victor Ferraz, Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique (Maicon), Thaciano (Pinares) e Jean Pierre; Allison (Luiz Fernando), Diego Souza e Pepê. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS – Raphael Veiga, aos 32 minutos do primeiro tempo. Diego Souza, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (Fifa/RJ).

CARTÕES AMARELOS – Breno Lopes, Kannemann, Marcos Rocha e Lucas Lima.

LOCAL – Allianz Parque, em São Paulo (SP).

Comentários: