Simon Baker fez de ‘The Mentalist’ uma série divertida e interessante

Por Eliana Silva de Souza

Vamos agora com uma dica de série policial antiga, mas nem por isso menos interessante. Há tanta gente falando de produções que acabaram de chegar, mas esta tem chamado a atenção, mesmo não sendo novidade. Há um tempo que o público descobriu que a série The Mentalist é muito legal e que vale a pena ao menos dar uma olhadinha nela, que tem uma mistura equilibrada de humor e drama.

Você pode escolher assistir a todas as temporadas pela Amazon Prime Video ou pelo Globoplay, pois as duas plataformas estão com a série completa. Outra opção é o canal TNT Séries, que vira e mexe faz uma maratona de episódios e todo dia tem algum episódio sendo exibido.

Com um total de sete temporadas, que estreou em 2008 e chegou ao fim em 2015, The Mentalist reúne humor, suspense, romance e investigação criminal. Criada por Bruno Heller, a série é protagonizada pelo ator Simon Baker, que dá vida ao habilidoso Patrick Jane, um consultor da agência CBI, que investiga os mais variados crimes.

Sob o comando da agente Teresa Lisbon (Robin Tunney), Jane, na verdade, quer mais do que resolver esses crimes: ele tem um objetivo maior, que rege sua vida. Busca vingança, quer a todo custo descobrir, encontrar e matar o serial killer Red John, que matou sua mulher e sua filha. A produção conta ainda com Amanda Righetti, Tim Kang e Owain Yeoman.

Desde o primeiro episódio da primeira temporada, Patrick Jane conquista o público com seu jeito de lidar com as mais variadas situações. Contratado da CBI, o consultor consegue elucidar complicados crimes, deixando todos atordoados com seus métodos, nem sempre de acordo com as regras oficiais. Divertida, a série é essa mistura de humor com momentos dramáticos, mas sempre com o bom humor do protagonista, que vive se metendo em encrencas por ter uma visão diferente sobre as cenas dos crimes e os criminosos.

Comentários: