Torcida protesta diante do CT do São Paulo e pede saída de Diniz e Daniel Alves

Um grupo de cerca de 30 torcedores protestou contra a má fase do São Paulo na frente do CT da equipe, na Barra Funda, nesta sexta-feira. Com ofensas e palavrões, a torcida pediu a saída do técnico Fernando Diniz e do meia Daniel Alves e cobrou rápida recuperação no Campeonato Brasileiro.

Os torcedores lançaram milho de pipoca na entrada do CT e entoaram cânticos com as palavras “time pipoqueiro”. Também gritaram “vergonha, vergonha, vergonha, time sem vergonha” e “Daniel Alves, vai se f****, o meu São Paulo não precisa de você”. Houve críticas também a Tchê Tchê e Vitor Bueno.

Outros torcedores exibiram uma faixa com os dizeres: “Chega. 12 anos de vexames”, em referência ao jejum de títulos do clube. Os “12 anos” se referem ao último título brasileiro, conquistado em 2008. Depois disso, em 2012, a equipe se sagrou campeã da Copa Sul-Americana.

A irritação da torcida se deve à forte queda de rendimento do time nas últimas semanas. Foram três derrotas e um empate nos últimos quatro jogos. A série ruim fez o São Paulo perder a liderança, que vinha sustentando até com certa folga (chegou a exibir sete pontos de vantagem na ponta), e cair para o segundo lugar.

A gota d’água para a insatisfação dos torcedores foi a dura goleada de 5 a 1 para o Internacional, na quarta-feira. Foi a maior goleada sofrida pelo São Paulo no estádio do Morumbi.

Comentários: